25
Fev 09

Um homem de coragem e humanismo

 



Aristides de Sousa Mendes nasceu em Cabanas de Viriato, numa pequena aldeia do concelho do Carregal do Sal, em 19 de Julho de 1885.

Foi um diplomata português, que representou Portugal no Brasil, Zanzibar e nos Estados Unidos.

Em 1938, Salazar nomeia Aristides de Sousa Mendes cônsul de Portugal em Bordéus.

Após a invasão da França pela Alemanha, em 1940, chegaram ao porto de Bordéus milhares de refugiados.

Em Portugal, Salazar, que acumulava o cargo de Presidente do Conselho com o de Ministro dos Negócios Estrangeiros, ordenou ao cônsul Sousa Mendes que não passasse vistos, sem que cada processo fosse bem analisado em Portugal.

Porém, o cônsul português em Bordéus ficava angustiado e compadecido, com as grandes filas que se iam formando em frente ao consulado. Assim, resolveu ignorar as ordens de Salazar e passou milhares de vistos a refugiados que, deste modo conseguiram escapar aos nazis e provavelmente à morte. Calcula-se que Aristides de Sousa Mendes tenha salvo a vida de 30 mil pessoas.

Esta desobediência custar-lhe-ia cara. O ditador Salazar ordenou de imediato o seu regresso a Portugal e demitiu-o das suas funções, sem direito a remuneração ou a reforma. Aristides de Sousa Mendes, que tinha uma numerosa família com 12 filhos, viria a passar por muitas dificuldades.

Aristides de Sousa Mendes morreu na miséria, a 3 de Abril de 1954, no Hospital dos Franciscanos, em Lisboa. Não possuindo fato próprio, foi enterrado com uma túnica de franciscanos.

Só muitos anos mais tarde, em pleno regime democrático, foi reconhecida a nobreza da sua atitude. Em 1989, por decisão do presidente da Republica de então, Mário Soares, foi condecorado com a Ordem da Liberdade. Finalmente, fazia-se justiça ao «cônsul injustiçado».

 

Um passaporte com o visto efectuado por Aristides de Sousa Mendes.




Aristides de Sousa Mendes e a sua numerosa família.

 

 

 

Nuno Carvalho

 

publicado por projecto9b às 13:35

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18

22
24
27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO