07
Dez 08

O Museu Cargaleiro situa-se em Castelo Branco, na Rua dos Cavaleiros, e foi criado em 2004.

O museu mostra variadas obras de Manuel Cargaleiro. Numa sala do rés-do-chão, Manuel Cargaleiro expôs algumas obras que lhe foram oferecidas por amigos, como Picasso, Helena Vieira da Silva...

 

 

                                                         Museu Cargaleiro

 

Anaísa Santo

 

publicado por projecto9b às 23:43

 

Manuel Cargaleiro é um dos maiores artistas plásticos portugueses.

Nasceu, no ano de 1927, em Chão de Servas, concelho de Vila Velha de Ródão, distrito de Castelo Branco.

 

Chão de Servas - Casa onde nasceu Manuel Cargaleiro

 

Ainda em criança, Manuel Cargaleiro mudou-se, com os pais, para a margem Sul do Tejo e viveu nos concelhos de Almada e Seixal.

No ano de 1949, participou no primeiro Salão de Cerâmica.

Manuel Cargaleiro foi professor de cerâmica na Escola de Artes Decorativas António Arrojo, em Lisboa. Esta escola foi baptizada com o seu nome, ficando a chamar-se Escola Secúndaria Manuel Cargaleiro.

No ano de 1957, Manuel Cargaleiro fixou-se em Paris, onde está representado na galeria Albert Loeb. Em Itália, no ano de 2004, foi inaugurado o Museo Artistico Industriale Manuel Cargaleiro.

 

Painel de Azulejos de Manuel Cargaleiro, na estação de metro de Champs Elysées-Clémenceau, Paris.

 

Actualmente, divide o seu tempo entre Paris, Itália e a sua casa do Monte da Caparica, em Portugal. As suas obras de arte podem ser admiradas em Castelo Branco, no Museu Cargaleiro.

 

 

Filipe Rodrigues

 

 

publicado por projecto9b às 21:39

"Nudité du Matin", Óleo sobre tela, 1967

 

 

"Après le Tempête", Óleo sobre tela, 1976

 

 

"Distant Light", Óleo sobre tela, 1988

 

 

"Mensagem Tranquila e Muito Secreta", Óleo sobre tela, 1990

 

 

"Sem Título", Guache sobre papel, 1956

 

 

Pedro Costa

 

publicado por projecto9b às 19:59

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO